Grafo Audiovisual

Rua Celestino Junior 163
Curitiba | Paraná | Brasil

+55 41 3095-0608

Todo ano alguns filmes são contemplados com o edital de baixo orçamento do Ministério da Cultura, cujo valor é de um milhão de reais.  O concurso tem como finalidade o apoio à produção de cinco obras cinematográficas, inéditas, de longa metragem, de ficção, com caráter de inovação de linguagem e de baixo orçamento. Os projetos foram inscritos por empresas brasileiras de produção independente, realizados por diretor estreante ou não estreante.  Lançado em 19 de janeiro desse ano, 127 obras foram inscritas no edital do concurso e na última etapa sobraram 15 concorrentes que foram para Brasília fazer uma defesa oral de seus projetos. Entre os competidores finalistas desse ano estava “Circular”, projeto realizado por cinco estudantes da Escola Superior de Cinema do Paraná. Quem fez a defesa do filme frente a comissão composta por nove integrantes foi Alysson Muritiba. “Quando vi que entre os jurados estava o Cláudio Assis, de Amarelo Manga e Marcelo Gomes, de Cinema, Aspirinas e Urubus, por um momento tremi”, diz. Após a apresentação, “Circular” foi escolhido de maneira unânime, mesmo concorrendo com grandes nomes do cinema nacional. Segundo Muritiba, a concepção foi muito elogiada por sido realizada de maneira coletiva, tanto o roteiro como a direção, sendo uma proposta inovadora, coesa e com potencial de público. A aposta por novos talentos, a originalidade do roteiro, a estética e a viabilidade de realização da obra também tiveram peso fundamental.  O anúncio do resultado ocorreu no dia 28 de setembro.


Adriano Esturilho, Bruno de Oliveira, Fábio Allon, Aly Muritiba e Diego Florentino começaram a fazer curtas há dois anos e revezavam funções na faculdade e um detalhe que declaram ter sido importante nesse período foi que evitaram ao máximo o egocentrismo. A idéia de fazer um longa-metragem parecia ousada naquele tempo, mas Muritiba trouxe a proposta aos colegas. Cada integrante do grupo ficaria responsável como roteirista por desenvolver um personagem que participaria direta ou indiretamente de um assalto num ônibus. Como diretores cada um filmaria o dia que antecede o incidente pela sua perspectiva.


(Da esq. dir. Diego Florentino, Bruno de Oliveira, Adriano Esturilho, Fabio Allon e Aly Muritiba)

Quando indagado sobre um inspirador para o trabalho,  o mexicano Alexandre Gonzalez Iñarritu foi lembrado. “Seu trabalho é interessante pela maneira como o diretor consegue aliar diversas facetas diversas da latinidade e do México num contexto universal, podendo ser um retrato de qualquer parte do mundo. É só observar Amores Brutos. Em “Circular”, o personagem que filmarei será mexicano e vejo o Brasil no mesmo contexto que a América Latina, somos pertencentes a ela”. Já analisando “Estômago”, de Marcos Jorge, que recentemente venceu o mesmo edital, os jovens vêem seu trabalho como uma boa referência até porque fez uma carreira nacional e internacional de sucesso, mas também provocam-o com bom humor. “Por que não superá-lo”?


Considerando que a verba do Ministério da Cultura é razoável e destinada a um grupo com uma média de idade de 25 anos, Muritiba salienta que em apenas dois anos o grupo já realizou 10 curtas, participou de 30 festivais e ganhou 20 prêmios e alguns editais municipais. “Quando chegamos na final que percebi que tínhamos mesmo chance e o projeto estava realmente muito bom”, diz. A produtora Marisa Merlo afirma que o trabalho com profissionais experientes e que atuam diretamente no mercado cinematográfico e envolvidos em produções atuais foi fundamental. De acordo com Merlo, esses professores trouxeram o contexto do que acontece de mais relevante nos mais importantes centros, no caso Rio de Janeiro e São Paulo, nas mais diversas áreas e funções técnicas do cinema, para a sala de aula. Assim, estabeleceu-se um vínculo entre o aprendizado na teoria e na prática. “Isso dará ânimo para aqueles que desejam atuar na área e não acreditavam que isso seria possível”, diz. O respaldo dado ao trabalho realizado pela Escola Superior de Cinema do Paraná é compartilhado pelos integrantes.


Por Edgar Kawamura

Edição: Cleverson Bege

http://cineacademia.blogspot.com/2009/10/colaboracao-e-o-lema.html

Comentar //
  • Grafo a Granel

    Do dicionário, granel é uma "composição fragmentada antes de ser paginada", sendo aqui um cantinho dedicado a notícias e troca de informações do mundo Grafiano e audiovisual!